Neurociência com Ênfase em Música

Pós-Graduação em Neurociência com Ênfase em Música
OBJETIVOS:
 Promover reflexões, discussões e práticas sobre neurociência, música e
suas inter-relações.
 Explorar a linguagem musical a partir do pressuposto neurocientífico,
adequando estratégias aos diferentes contextos e realidades.
 Qualificar profissionais das áreas de música, pedagogia, psicologia,
musicoterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e áreas afins, no
sentido de instrumentalizá-los a partir de uma fundamentação teórica
atual e inovadora.
 Capacitar os profissionais à compreensão do papel do cérebro do ser
humano em relação aos processos neurológicos na relação com a
linguagem musical
 Atualizar conhecimentos na área de neurociência e música.
PÚBLICO-ALVO:
 Profissionais da área de música, musicoterapia, psicologia,
fonoaudiologia, terapia ocupacional e educação.

MATRIZ CURRICULAR
DISCIPLINAS

Fundamentos da Neurologia – Neurociência
Neurofisiologia: O Funcionamento do Cérebro e Bases da
Plasticidade Cerebral na Gestação, Infância e Adolescência
Neurociência e Linguagem Musical
Aprendizagem e Metodologias em Música
Bases Neurobiológicas da Aprendizagem
Neurociência: Conceitos e Atuação Profissional
Neurofisiologia da Música
Psicologia do Desenvolvimento Cognitivo Musical
Prática em Neurociência Aplicada a Música
Didática e Metodologia do Ensino Superior *
Metodologia da Pesquisa *
Estudos Independentes e Monografia e/ou Artigo Científico
CARGA HORÁRIA: 420 h/a – duração aproximada de 18 meses de aula presencial.
Investimento
Mensalidade:24xR$259,00 – inicia a pagar 30 dias após a primeira aula
Taxa de Matrícula: R$200,00 – paga na primeira aula
NO ATO FAZ SOMENTE A MATRÍCULA
Cadastre seu e-mail aqui⤵
MATRÍCULA

Local das aulas:
Hotel Aquarius em Santa Cruz do Sul
Organização das aulas:
Encontros quinzenais aos sábados em Santa Cruz do Sul/RS ( duas vezes por mês)
100% presencial
Inicia assim que fechar a turma com no mínimo 20 alunos efetivamente matriculados.
Informações e Matrículas:
Márcia Gewehr
Consultora Educacional Censupeg
Celular WhatsApp (51)9 9844-5025
e-mail: marciacensupeg@hotmail.com

Neuropsicopedagogia Clínica e Neuropsicopedagogia Institucional e Educação Especial Inclusiva

DUO COMBO 2 EM 1 Neuropsicopedagogia Clínica e Neuropsicopedagogia Institucional e Educação Especial Inclusiva
Por que fazer o COMBO Neuropsicopedagogia com o Censupeg?
– Carga horária maior na grande maioria dos casos.
– Dois certificados de Pós-Graduação
– O Censupeg é a única instituição associada à Sociedade Brasileira de Neuropsicopedagogia da região. SBNPp
– O curso proporcionará aos alunos o conhecimento da Neurociência, Psicologia e Pedagogia.
– O aluno fará o curso na instituição que é pioneira na Neuropsicopedagogia no Brasil.
– O aluno estudará na Instituição que possui um Grupo de Pesquisa com foco na construção da cientificidade da Neuropsicopedagogia na própria Faculdade. Grupo Educacional CENSUPEG
– O Prof. Luiz Antônio Correa, atual Presidente da SBNPp-Sociedade Brasileira de Neuropsicopedagogia dará aula na sua turma.
– O curso tem a disciplina Neuropsicofarmacologia e CID, disciplina exclusiva do Censupeg.
– Em parceria com Secretarias de Educação, o Censupeg faz um importante movimento social através do projeto “Neuropsicopedagogo na Escola”, municípios de grande desenvolvimento na educação já aderiram como como Ponta Grossa/PR, Cascavel/PR, São Fidélis/RJ e Botucatu/SP.
Receba mais informaçãoes: http://bit.ly/2nP3lSC
Matriz Curricular Neuropsicopedagogia Clínica
Carga Horária: 600 horas
– Introdução a Neuropsicopedagogia: Conceitos Básicos e Atuação Profissional
– Fundamentos da Neurologia
– Neurofisiologia: O Funcionamento do cérebro e bases da Plasticidade Cerebral na gestação, infância e adolescência
– Neuropsicofarmacologia e CID
– Bases Neurobiológicas da Aprendizagem
– Educação Especial Inclusiva
– Fundamentos e prática em equipe multiprofissional I-Comportamento Motor
– Fundamentos e prática em equipe multiprofissional II -Emoção e Comportamento Social
– Fundamentos e prática em equipe multiprofissional III -Atenção; Memória; Inteligência
– Fundamentos e prática em equipe multiprofissional IV- Linguagem (Leitura e Escrita) Fundamentos e prática em equipe multiprofissional V – Habilidades Matemáticas
– Avaliação e Intervenção Neuropsicopedagógica
– Estágio I – Neuropsicopedagogia Clínica
– Estágio II – Neuropsicopedagogia Clínica
– Estágio III – Neuropsicopedagogia Clínica
– Metodologia da Pesquisa*
– Didática e Metodologia do Ensino Superior*
– Estudos Independentes, Monografia e/ou Artigo Científico


Matriz Curricular Neuropsicopedagogia Educação Especial Inclusiva

Carga Horária 420
– Fundamentos da Neurologia
– Neurofisiologia: O Funcionamento do cérebro e bases da Plasticidade Cerebral na gestação, infância e adolescência
– Introdução a Neuropsicopedagogia: Conceitos Básicos e Atuação Profissional
– Educação Especial Inclusiva
– Aprendizagem e Metodologias em Relação aos Sujeitos com Altas Habilidade/Superdotação
– Educação da Pessoa com Deficiência Física e Múltiplas Deficiências
– Educação da Pessoa com Deficiência Auditiva
– Educação da Pessoa com Deficiência Intelectual
– Educação da Pessoa com Deficiência Visual
– Fundamentos e prática em equipe multiprofissional – Emoção e
Comportamento Social
– Neuropsicofarmacologia e CID
– Avaliação Neuropsicopedagógica
– Metodologia da Pesquisa*
– Didática e Metodologia do Ensino Superior*
– Estudos Independentes, Monografia e/ou Artigo Científico

Valores de COMBO 2 em 1

Neuropsicopedagogia Clínica: 30 x R$178,00

Neuropsicopedagogia Inclusiva: 30 x R$ 178,00

Total: 30xR$356,00

Caso queira fazer um curso apenas, também é possível, com os seguintes valores:

Valores individuais fora do combo:

Neuropsicopedagogia Clínica: 30 x R$299,00

Neuropsicopedagogia Inclusiva: 24 x R$259,00

Local: Auditório da Apae, na Rua Félix Hoppe-53 – Centro – Santa Cruz do Sul
Hora: 8h às 17h
TURMA NOVA: Previsão de início imediato ao formar turma
CURSO 100% PRESENCIAL

Taxa de Matrícula: R$200,00 – paga no ato da matrícula através de boleto, primeira mensalidade inicia a pagar 30 dias após a primeira aula por boleto bancário emitido no portal do aluno.
REGISTRO NO MEC

Segue o link no e-MEC Neuropsicopedagogia Educação Especial Inclusiva:http://bit.ly/2b8ogivMEC-NeuropsicopedagogiaIncluciva

Segue o link no e-MEC Neuropsicopedagogia Clínica:http://bit.ly/2aBaLqVMEC-NeuropsicopedagogiaClínica
Como tirar suas dúvidas?
Chama no WhatsApp ⤵
(51)99844-5025
e-mail: santacruz@censupeg.com.br
marciacensupeg@hotmail.com
ENTRE EM CONTATO: http://cursoposneuro.com.br/contato/

Facebook consultor: https://www.facebook.com/marciamgewehr

OUTROS CURSOS

Psicopedagogia: http://cursoposneuro.com.br/pos-graduacao-em-psicopedagogia-institucional-e-clinica/
Censupeg Know:http://cursoposneuro.com.br/pos-graduacao-censupeg-know/
Educação e Autismo: http://cursoposneuro.com.br/pos-graduacao-em-educacao-e-autismo/
BLOG DE NOTÍCIAS http://cursoposneuro.com.br/principal/noticias/

Cursos CENSUPEG Pós-Graduação/Capacitação/EAD- Programa 2017 – Santa Cruz do Sul/RS

Cursos CENSUPEG Pós-Graduação/Capacitação/EAD- Programa 2017 – Santa Cruz do Sul/RS
🎓Curso de Capacitação na Área da Educação Especial Inclusiva SEMI PRESENCIAL
Saiba mais aqui ⤵
http://bit.ly/2iUcdb3

🎓Pós-Graduação em Educação e Autismo TODO PRESENCIAL
Saiba mais aqui ⤵
http://bit.ly/2jIrxaX

🎓Pós-Graduação em Neuropsicopedagogia Educação Especial Inclusiva TODO PRESENCIAL
Saiba mais aqui ⤵
http://bit.ly/2iOarrH

🎓Pós-Graduação em Neuropsicopedagogia Clínica TODO PRESENCIAL
Saiba mais aqui ⤵
http://bit.ly/2iOarrH

🎓Pós-Graduação em Psicopedagogia Institucional e Clínica TODO PRESENCIAL
Saiba mais aqui ⤵
http://bit.ly/2j2QGds

🎓Pós-Graduação Presencial + Know SEMI PRESENCIAL
Saiba mais aqui ⤵
http://bit.ly/2iot4Pz

🎓Pós-Graduação EAD em Educação TODO A DISTÂNCIA – UM ENCONTRO PRESENCIAL
Clique Aqui e Saiba mais ⤵
http://bit.ly/EADCensupegUnisociesc

🎓Pós-Graduação EAD em Engenharia SEMI PRESENCIAL
Clique Aqui e Saiba mais ⤵
http://bit.ly/EADCensupegUnisociesc

Como tirar suas dúvidas?
Chama no WhatsApp ⤵
(51)99844-5025
e-mail:
santacruz@censupeg.com.br
marciacensupeg@hotmail.com
ENTRE EM CONTATO: http://cursoposneuro.com.br/contato/
marciacensupeg@hotmail.com
Facebook consultor: https://www.facebook.com/marciamgewehr

Pós-Graduação em Educação e Autismo

Objetivo do Curso de Pós-Graduação em Educação e Autismo

O curso de Pós-Graduação em Educação e Autismo tem como objetivo qualificar profissionais para que atuem através de uma Educação Interdisciplinar em organizações sociais, clínicas e/ou instituições escolares.
Criar e tornar disponíveis conhecimentos que possam ser incorporados pela população individual e institucional envolvida no atendimento da pessoa com autismo.
Proporcionar um campo de atuação para os profissionais envolvidos na área do autismo
Melhorar a qualidade dos serviços prestados a essa população e das instituições prestadoras destes serviços.
Proporcionar a equipe Multidisciplinar e a equipe pedagógica subsídio teórico/prático para um trabalho em equipe de inserção do Autista na escola através de alternativas político-pedagógicas que possam contribuir para a superação dos grandes desafios que se interpõem à consolidação de uma educação de qualidade, atualizando-os para o atendimento educacional à INCLUSÃO, considerando a diversidade humana.
Oferecer subsídios teóricos e práticos que colaborem para a compreensão da pessoa com necessidades educacionais especiais e sua inclusão no ensino regular.
Matriz Curricular
– Métodos de Intervenção
– Neurobiologia do Autismo
– Avaliação e Intervenção no Espectro do Autismo
– Abordagens Psicológicas para Educação
– Psicomotricidade no Espectro Autista
– Transtornos do Espectro Autismo
– Análise do Comportamento Aplicado – ABA
– Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem
– Autismo, Comunicação e Linguagem
– Autismo e o Ensino Regular
– Educação Especial Inclusiva
– Didática e Metodologia do Ensino Superior*
– Metodologia da Pesquisa*
– Estudos Autônomos – Artigo Científico
– Carga Horária Total da Pós-Graduação em Educação e Autismo: 420 h/a
Obs.: É perfeitamente possível haver alteração na grade curricular, visando à otimização do curso.
(*) Estas disciplinas serão desenvolvidas por situações de Aprendizagem na Rede

Organização das aulas
Encontros quinzenais aos sábados, 8h às 17h – CURSO TODO PRESENCIAL
Local: Auditório da APAE de Santa Cruz do Sul/RS
Rua Félix Hoppe, 53 – Centro – Santa Cruz do Sul
Taxa de matrícula: R$200,00 – paga no ato da matrícula
Mensalidades: 24x R$269,00
Carga Horária: 420h
Para pagamento à vista, desconto de 10% sobre o total.
Taxa TCC: R$210,00 diluído nas 10 primeiras mensalidades

Como tirar suas dúvidas?
Chama no WhatsApp ⤵
(51)99844-5025
e-mail: santacruz@censupeg.com.br
ENTRE EM CONTATO: http://cursoposneuro.com.br/contato/
marciacensupeg@hotmail.com
Facebook consultor: https://www.facebook.com/marciamgewehr

OUTROS CURSOS
Pós-Graduação em Neuropsicopedagogia: http://cursoposneuro.com.br/combo-2-em-1-neuropsicopedagogia-clinica-e-educacao-especial-inclusiva/
Pós-Graduação em Psicopedagogia: http://cursoposneuro.com.br/pos-graduacao-em-psicopedagogia-institucional-e-clinica/
Pós-Graduação Censupeg Know:http://cursoposneuro.com.br/pos-graduacao-censupeg-know/
Capacitação na Área da Educação Especial Inclusiva: http://cursoposneuro.com.br/curso-de-capacitacao-na-area-da-educacao-especial-inclusiva/
BLOG DE NOTÍCIAS http://cursoposneuro.com.br/principal/noticias/

CURSO DE CAPACITAÇÃO NA ÁREA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL INCLUSIVA

CURSO DE CAPACITAÇÃO NA ÁREA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL INCLUSIVA
Cidade: Santa Cruz do Sul- RS

Tempo do curso: Aproximadamente 12 meses – 100% Presencial
Dias e horário: Sábados das 8h às 17h
Carga Horária: 375 h/aula
Investimento: 24xR$259,00
Taxa de Matrícula:R$200,00
Local das aulas: Aquarius Flat Hotel – Centro de Santa Cruz do Sul
Válido para atuar em AEE e Salas de Recursos conforme legislação vigente.
E-mail: marciacensupeg@hotmail.com
WhatsApp: (51)9 9844-5025
Prover os participantes de uma visão abrangente e atualizada da educação das pessoas com Deficiência, no contexto Educacional.
Ampliar o conhecimento dos fundamentos educacionais especiais que favorecem uma atuação de qualidade, ajudando a escola na gestão de projetos que venham a auxiliar o aluno com necessidades educacionais especiais.
Capacitar professores para atuar em Escolas Especiais, Salas de Recursos Multifuncionais, com Atendimento Educacional Especializado – AEE ou Centros de Atendimento Educacional Especializado.

Matriz curricular o curso de capacitação
Educação Especial Inclusiva
Transtorno do Espectro do Autismo
Alfabetização e Letramento
Legislação e Políticas Públicas em Educação Inclusiva
Tecnologias Assistivas: Recursos Pedagógicos Acessíveis
Deficiência Física e Mobilidade Reduzida
Recursos e Atividades para o AEE em Salas de Recursos
Currículo da Educação Especial
Deficiência Intelectual
Deficiência auditiva: surdez
CAA: Sistemas de Comunicação Aumentativa e Alternativa
Deficiência Visual: Cegueira e Baixa Visão
Altas Habilidades/ Superdotação
Plano de desenvolvimento individualizado – PDI
Surdocegueira e Deficiências Múltiplas
Língua Brasileira de Sinais – Libras
Totalizando 375h

Como tirar suas dúvidas?
Chama no WhatsApp ⤵
(51)99844-5025
e-mail: santacruz@censupeg.com.br
ENTRE EM CONTATO: http://cursoposneuro.com.br/contato/
marciacensupeg@hotmail.com
Facebook consultor: https://www.facebook.com/marciamgewehr

OUTROS CURSOS
Pós-Graduação em Neuropsicopedagogia: http://cursoposneuro.com.br/combo-2-em-1-neuropsicopedagogia-clinica-e-educacao-especial-inclusiva/
Pós-Graduação em Psicopedagogia: http://cursoposneuro.com.br/pos-graduacao-em-psicopedagogia-institucional-e-clinica/
Pós-Graduação Censupeg Know:http://cursoposneuro.com.br/pos-graduacao-censupeg-know/

BLOG DE NOTÍCIAS http://cursoposneuro.com.br/principal/noticias/

Pós-Graduação em Psicopedagogia Institucional e Clínica

Objetivo do Curso de Pós-Graduação em Psicopedagogia Institucional e Clínica
thumbnail_post_face_matriz_03-20-porcento-de-texto
O curso de Pós-Graduação em Psicopedagogia Institucional e Clínica tem como objetivo qualificar profissionais das áreas da Educação e Saúde, no sentido de instrumentalizá-los a partir de uma fundamentação teórico/técnica para o exercício da Psicopedagogia Institucional e Clínica.

Grade |

– Psicopedagogia Institucional e Clínica – Definição, Conceitos e Atuação do Psicopedagogo
– As Relações Sócio-afetivas no Contexto do Desenvolvimento e da Aprendizagem
– Aprendizagem e Contextos Sociais
– Aprendizagem e Desenvolvimento Humano
– Neurofisiologia da Aprendizagem e Múltiplas Inteligências
– Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem
– Psicopedagogia e Aprendizagem da Linguagem: Oral e Escrita
– Psicopedagogia e Aprendizagem da Linguagem Matemática
– Ética, Filosofia e Sociologia em Psicopedagogia
– Desenvolvimento Psicomotor
– Avaliação e Intervenção Psicopedagógica Institucional
– Avaliação e Intervenção Psicopedagógica Clínica
– Laboratório Psicopedagógico
– Estágio I – Psicopedagogia Institucional: Teoria e Prática
– Estágio II – Psicopedagogia Clínica: Teoria e Prática
– Autoconhecimento na Prática Profissional*
– Educação Especial e Educação Inclusiva
– Metodologia da Pesquisa *
– Didática e Metodologia do Ensino Superior *
– Atividades de Estudo Autônomo e Elaboração de Artigo Científico
Obs.: É perfeitamente possível haver alteração na grade curricular, visando à otimização do curso. Carga Horária Total da Pós-Graduação em Psicopedagogia Institucional e Clínica: 655 h/a

Investimento:
Taxa de matrícula: R$200,00
Mensalidades: 24x R$259,00 – inicia a pagar 30 dias após a primeira aula.
Organização das aulas
Encontros quinzenais aos sábados, 8h às 17h – CURSO TODO PRESENCIAL
Local: Auditório da APAE de Santa Cruz do Sul/RS
Rua Félix Hoppe, 53 – Centro – Santa Cruz do Sul

Modalidade: PRESENCIAL em Santa Cruz do Sul/RS

Como tirar suas dúvidas?
Chama no WhatsApp ⤵
(51)99844-5025
e-mail: santacruz@censupeg.com.br
ENTRE EM CONTATO: http://cursoposneuro.com.br/contato/
marciacensupeg@hotmail.com
Facebook consultor: https://www.facebook.com/marciamgewehr
OUTROS CURSOS
Neuropsicopedagogia: http://cursoposneuro.com.br/combo-2-em-1-neuropsicopedagogia-clinica-e-educacao-especial-inclusiva/
Capacitação na Área da Educação Especial Inclusiva: http://cursoposneuro.com.br/curso-de-capacitacao-na-area-da-educacao-especial-inclusiva/
Censupeg Know: http://cursoposneuro.com.br/pos-graduacao-censupeg-know/
BLOG DE NOTÍCIAS http://cursoposneuro.com.br/principal/noticias/

Share this entry

PÓS-GRADUAÇÃO CENSUPEG KNOW – 18xR$159,00

CENSUPEG KNOW – Pensado para você!
Um projeto transformador baseado na Metodologia Ativa de Aprendizagem, conceito que é praticado nas maiores universidades do mundo, como Harvard por exemplo, além de termos a oportunidade de propor um curso em um formato diferenciado para nossos alunos, temos 16 opções para você.
O CENSUPEG KNOW é uma proposta inovadora, que irá proporcionar muito mais aproveitamento, ao alinhar conhecimentos em sala de aula, metodologias ativas, aprendizagem por problematização, uso de tecnologia, multimídia e interatividade. O CENSUPEG KNOW permite flexibilidade, pois os trabalhos realizados no CDE (Centro Digital de Estudos) proporcionam um estudo independente.
Modelo do Curso
• 8 meses de Aula
• 420 horas
• Reconhecido pelo MEC como todos os nossos cursos de graduação e pós-graduação
• Aulas presenciais a cada 2 meses com professores que vem até o local da aula – não é com professor tutor pois não é EAD como todas as outras instituição oferecem, é presencial e por CDE – Centro Digital de Estudos.
• 18x de R$ 159,00
•Taxa de matrícula R$150,00
•Todos os cursos são de 420H
As aulas presenciais ocorrem sábado e domingo das 8h às 17h com intervalo para o almoço.
O formato das aulas são de 8 meses, com 4 encontros presenciais com disciplinas comuns entre os cursos, + 4 disciplinas especificas da CDE (Centro Digital de Estudos) + Metodologia da Pesquisa e Artigo Cientifico que ocorrem em paralelo. Lembrando que as disciplinas em comum e as CDE acontecem intercaladas conforme exemplo abaixo.
Organização das Aulas*
• 1º Encontro Presencial em Santa Cruz do Sul
• 2ª Disciplina pelo CDE – Centro Digital de Estudos
• 3º Encontro Presencial em Santa Cruz do Sul
• 4ª Disciplina pelo CDE – Centro Digital de Estudos
• 5º Encontro Presencial em Santa Cruz do Sul
• 6ª Disciplina pelo CDE – Centro Digital de Estudos
• 7º Encontro Presencial em Santa Cruz do Sul
• 8ª Disciplina pelo CDE – Centro Digital de Estudos
• Socialização do artigo em 6 meses após o último encontro presencial em Santa Cruz do Sul
• O local das aulas presenciais será no Centro de Eventos Aquarius Flat Hotel em Santa Cruz do Sul na Av. João Pessoa, 144 – Centro, Santa Cruz do Sul – RS

Agora é a hora de escolher qual curso você deseja fazer!

*CLICA SOBRE E CURSO E VEJA MAIS INFORMAÇÕES
No programa de Licenciaturas e Educação Especial Inclusiva estão disponíveis os cursos:
*CLICA SOBRE E CURSO E VEJA MAIS INFORMAÇÕES
•Pós-Graduação em Educação Física com Ênfase em Educação Especial Inclusiva
•Pós-Graduação em Educação Infantil, Anos Iniciais (EF) e Educação Especial Inclusiva
•Pós-Graduação em Educação Especial Inclusiva
•Pós-Graduação em Transtorno Global do Desenvolvimento
•Pós-Graduação em Alfabetização, Letramento e Educação especial Inclusiva
•Pós-Graduação em Docência no Ensino Superior e Educação Especial Inclusiva
•Pós-Graduação em Ensino De Língua Portuguesa e Educação Especial Inclusiva
•Pós-Graduação em Sociologia e Educação Especial Inclusiva
•Pós-Graduação em Geografia e Práticas e Educação Especial Inclusiva
•Pós-Graduação em História e Práticas e Educação Especial Inclusiva
•Pós-Graduação em Matemática e Educação Especial Inclusiva

“O Censupeg sempre prezou pela qualidade da Educação, e o Know é a prova disso, inovamos na nossa metodologia para levar um ensino de qualidade a todos e em todos os lugares.”
Sandro Albino Albano – Diretor Presidente do Grupo Censupeg

Clique Aqui e Saiba mais ⤵
http://bit.ly/2dJL9qeCensupegKNOW

Visite o site: http://know.censupeg.com.br/

ENTRE EM CONTATO: http://cursoposneuro.com.br/contato/
Como tirar suas dúvidas?
Chama no WhatsApp ⤵
(51)99844-5025
e-mail: santacruz@censupeg.com.br
marciacensupeg@hotmail.com
Facebook consultor: https://www.facebook.com/marciamgewehr

Funções Executivas: Qual a sua importância?

Funções executivas
As funções executivas são as habilidades cognitivas necessárias para controlar nossos pensamentos, nossas emoções e nossas ações. Esse tema propõe entender melhor como elas se desenvolvem, seu papel e seu impacto na vida social, afetiva e intelectual desde a infância até a idade adulta.

neuropsicopedagogia
Qual é sua importância?

As funções executivas são as habilidades cognitivas necessárias para controlar e regular nossos pensamentos, emoções e ações. Alguns estudiosos fazem uma distinção entre o componente “frio” das funções executivas, que envolve estritamente as habilidades cognitivas (por exemplo, a capacidade de fazer cálculos apenas com a mente), e o componente “quente”, que reflete a capacidade de regular as emoções (por exemplo, a capacidade de controlar a raiva).

As funções executivas podem ser divididas em três grandes categorias de competências:

Autocontrole: A capacidade de resistir à uma tentação para poder fazer aquilo que é certo. Essa capacidade ajuda as crianças a prestar atenção, agir menos impulsivamente e a manter a concentração numa tarefa.
Memória de trabalho: A capacidade de manter as informações na mente, onde elas podem ser manipuladas. Essa habilidade é necessária para realizar tarefas cognitivas, tais como estabelecer uma relação entre dois assuntos, fazer cálculos apenas com a mente e estabelecer uma ordem de prioridade entre várias tarefas.
Flexibilidade cognitiva: A capacidade de usar o pensamento criativo e ajustes flexíveis para se adaptar às mudanças. Essa habilidade auxilia as crianças a utilizar sua imaginação e criatividade para resolver problemas.
As habilidades associadas às funções executivas são extremamente importantes para o desenvolvimento tal como exemplificado pelo fato de que as diferenças iniciais nas funções executivas prognosticam ao longo do tempo resultados significativos no desenvolvimento, incluindo o desempenho escolar, os comportamentos relativos à saúde e o ajustamento social.

O que sabemos?

O desenvolvimento do potencial máximo das funções executivas é um processo que exige tempo e isso se explica, em parte, pela lentidão do amadurecimento do córtex pré-frontal. As alterações nas funções executivas são aparentes quando as crianças se tornam capazes de manter em mente os objetivos importantes (por exemplo, terminar o dever de casa ao invés de assistir à televisão). Observam-se melhorias nas funções executivas também quando as crianças desenvolvem a capacidade de analisar seu ambiente para decidir qual o plano de ação apropriado (por exemplo, estudar hoje à noite é essencial para a obtenção de uma boa nota no exame do dia seguinte). Um desenvolvimento deficitário das funções executivas pode explicar por que as crianças, muitas vezes, parecem teimosas quando, por exemplo, se recusam a seguir instruções lógicas, como usar uma touca no inverno. As crianças oriundas de famílias pobres estão particularmente numa situação de risco de terem dificuldades associadas a um nível de funções executivas deficiente.

Considerando o longo processo de amadurecimento das habilidades associadas às funções executivas, as crianças são extremamente sensíveis a experiências cedo na vida que possam dificultar ou reforçar suas habilidades. O estresse, por exemplo, pode ser tão prejudicial às funções executivas de uma criança pequena a ponto de levar a um diagnóstico errôneo de TDAH. Por outro lado, as experiências reforçadoras, tais como uma relação pais-filho positiva, podem proteger as crianças contra os efeitos negativos de circunstâncias estressantes, como uma vida difícil do ponto de vista econômico e, consequentemente, melhoram o funcionamento executivo. Os filhos de pais receptivos que utilizam métodos brandos de disciplina, ao invés de severa, e que incentivam a autonomia de seus filhos também tendem a ter melhores habilidades da função executiva.

neuropsicopedagogia

Um nível mais elevado de funcionamento executivo está vinculado a diversos aspectos positivos, tais como competência nos domínios social, emocional e escolar. Na verdade, ele prognostica o êxito nos primeiros anos de escolaridade, mais do que a inteligência, e a aprendizagem precoce de leitura e aritmética. As habilidades das funções executivas permitem que as crianças lidem melhor com seu ambiente em constante mudança, o que pode ser especialmente importante para crianças em desenvolvimento em ambientes de alto risco. A eficiência das funções executivas prediz a saúde, a prosperidade econômica e um baixo número de atos criminosos posteriormente na vida. Alguns componentes específicos das funções executivas também são responsáveis pela capacidade das crianças de entender o que as outras pessoas estão pensando. Por exemplo, o conflito de resposta-funcionamento executivo é um elemento claramente preditivo da compreensão de falsas crenças nas crianças, isto é, a noção de que as outras pessoas podem ter uma visão do mundo diferente da nossa, que é uma habilidade necessária para o sucesso das interações sociais.

Se, por um lado, um nível elevado de funcionamento executivo está associado a diversos benefícios, o funcionamento executivo deficiente é uma das características de vários distúrbios tais como TDAH, problemas de comportamento, dificuldades de aprendizagem, autismo e depressão. Além disso, é provável que os problemas associados ao funcionamento executivo nos primeiros anos de vida também continuem ao longo da infância e da adolescência.

O que pode ser feito?

Ajudar as crianças em idade pré-escolar a melhorar suas funções executivas apresenta vários benefícios. Os programas de intervenção voltados para o treinamento das funções executivas são eficientes para melhorar o êxito escolar das crianças e suas competências sócio-emocionais, e podem levar a mudanças nos circuitos cerebrais. Além disso, uma intervenção precoce pode atenuar a rapidez e as dificuldades associadas com distúrbios tais como TDAH e problemas comportamentais. O treinamento do funcionamento executivo não exige altos recursos financeiros e pode ser executado em salas de aula comuns com crianças a partir dos 4 ou 5 anos de idade. As modificações nos currículos escolares das crianças pequenas deveriam incluir atividades agradáveis e desafiadoras voltadas para a autorregulação. Yoga, música, aeróbica, dança, meditação, artes marciais, e contar histórias são exemplos de atividades que podem ajudar a melhorar as habilidades de funcionamento executivo fundamentais. Na sala de aula, as crianças devem passar mais tempo em atividades de aprendizagem ativa e em pequenos grupos, e menos tempo em atividades com grupos grandes. As crianças com um nível de funcionamento executivo mais elevado necessitam de um número menor de intervenções negativas dos professores, o que contribui para criar um ambiente livre de estresse que ajuda ainda mais o desenvolvimento das funções executivas. As crianças pequenas também devem ser encorajadas a participar de brincadeiras mais elaboradas, como jogos de faz-de-conta social, onde elas aprendem a representar papéis e a se adaptar a uma trama em constante transformação.

Além disso, é essencial entender que as habilidades de funcionamento executivo são adquiridas gradualmente ao longo do tempo e que até mesmo uma criança altamente motivada pode ter dificuldades com instruções, tais como não comer um biscoito antes do jantar, ou manter a concentração durante um período prolongado.

Por J.Bruce Morton, PhD
Fonte:Enciclopédia sobre o Desenvolvimento na Primeira Infância

SAIBA MAIS ⤵
Clique Aqui e Saiba Mais!

TIPOS DE MEMÓRIA: Estratégias para melhorar a memorização

TRANSTORNOS DE MEMÓRIA O trabalho prioritário do nosso cérebro é nos mantermos vivos. Qualquer ameaça ativa o sistema de memória. Algumas informações são acionadas na nossa memória sem que a gente perceba. Ex: dirigir um carro. Para a aprendizagem temos que usar a nossa memória de curto prazo e a nossa memória de longo prazo.

Neuropsicopedagogia

Neuropsicopedagogia


Na verdade temos vários tipos de memória.

A memória visual imediata permite a criança reconhecer imediatamente os estímulos apresentados. Quando ele é pobre, a criança não consegue reter as informações. Ela se torna necessária para a ortografia.

Quando a memória auditiva é deficitária as crianças não conseguem seguir instruções longas, onde as instruções devem ser dadas em partes. Estas crianças acabam tendo dificuldades para recordar certas palavras , usualmente dizem “essa coisa” no lugar da palavra.

A memória auditiva imediata para letras e números é uma destreza do hemisfério esquerdo e, memorizar ritmos, melodias, tom e inflexão de voz são destrezas do lado direito. Para memorizar as combinações de letras com os sons é uma destreza que exige ação de ambos os hemisférios.

Existe também a memória cinestésica ande a criança necessita tocar para aprender e poder reter a informação.

O processo de memorização passa por quatro fases:

Fixação ou registro das lembranças – apreensão perceptiva do fato onde a motivação, a atenção e a afetividade fazem toda a diferença.
Armazenamento – o que é percebido é comparado com outras informações e armazenado.
Evocação – se faz uso das lembranças de forma espontânea e voluntária quando se torna consciente com uma determinada finalidade.
Reconhecimento
– que é a identificação da lembrança evocada.
O nosso cérebro é inimigo da incoerência. O que não tem significado não fica armazenado.

A memória visual é básica para a aprendizagem da leitura e da escrita. Quando a memória visual imediata é deficitária, temos que buscar outras estratégias para compensar este déficit.

Quando a memória auditiva é deficitária, o aluno tem dificuldades em seguir as instruções.

Hipocampo

Hipocampo

TIPOS DE MEMÓRIA:

Memória de curto prazo (memória imediata ou memória de trabalho).
Memória de longo prazo que é dividida em:
Memória sensorial: (auditiva e visual);
Memória declarativa: (memória explícita que é o que a gente recorda);
Memória episódica: (memória biográfica que guarda dados do acontecido em um determinado espaço e tempo);
Memória semântica: (memória geral para fatos do mundo, regras e tabuadas);
Memória processual: ( memória para habilidades e hábitos).

PROCESSAMENTO DA INFORMAÇÃO:

Registro ou memória sensorial – a informação é captada pelos sentidos e são selecionadas com base na importância. Se não fosse assim, nós teríamos um curto circuito no nosso cérebro.
Memória de curto prazo – a informação que não foi descartada fica para ser usada na memória de trabalho. A memória imediata é acionada por cerca de 30 segundos para que possamos determinar a sua importância.
Depois que a memória de trabalho reuniu, separou e trabalhou as informações, ela vai ser armazenada em outro local.

ESTRATÉGIAS PARA AS DIFICULDADES DE MEMÓRIA:

A memória depende da retenção. Esta se refere ao processo pela qual a memória a longo prazo preserva uma aprendizagem de maneira que possa ser localizada, identificada e relembrada de forma precisa no futuro.

O grau de atenção do indivíduo, a duração desta, o tipo de prática que teve e a influência das atividades passadas vão influenciar diretamente na memória.

Para ajudar o aluno podemos usar técnicas de memorização, organizar a informação por categorias, memorizar listas, utilizar música e ritmo para ensinar a tabuada, usar sinais de trânsito para ensinar pontuação, ressaltar aspectos importantes em um texto ou exercício com cores diferentes, usar estratégias orais, auditivas e cinestésicas para introduzir um conteúdo, realizar repetição de exercícios, realizar conexões e associações a alguma palavra conhecida, reduzir a quantidade de informação apresentar as informações de várias maneiras.

ESTRATÉGIAS PARA AS DIFICULDADES DE MEMÓRIA VISUAL:

Apresentar objetos com figuras, concretos e manuseáveis.
Dar cartões com formas para copia.
Dar cartões com seqüência de letras e números para cópia.
Mostrar figuras, pedir que identifique e organize por categorias.
Jogos de esconder pessoas e objetos para relembrar o que foi retirado.
Jogos de encontrar semelhanças entre palavras, comparar palavras pequenas e grandes, associar palavras a desenhos, formar outras palavras usando letras da palavra anterior.
Devemos tomar cuidado pois, se a memória visual é pobre, todos os tipos de memória estão comprometidos.

ESTRATÉGIAS PARA AS DIFICULDADES DE MEMÓRIA AUDITIVA:

Atraia a atenção da criança chamando-a pelo nome;
Mantenha contato visual;
Encurte as frases e limite-se a elementos mais importantes;
Coloque ênfase nas palavras chaves;
Não dê muita informação de uma vez só;
Peça para ela uma curta repetição da instrução;
Ensine a criança a verbalizar o que ela vai fazer (primeiro, depois, por último);
Evite falar em um só tom e varie o tom, volume e ritmo da fala e ajude o aluno usando a instrução também pela via visual e cinestésica.

ESTRATÉGIAS PARA AS DIFICULDADES DE MEMÓRIA AUDITIVA:

Brincar de eco com três tons;
Repetição de seqüência com palmas e batidas;
Dar duas a três instruções para que a criança execute;
Brincar com frases aumentando o tamanho;
Brincar de restaurante servindo as sobremesas na ordem certa;
Memorizar poesias, canções e rimas;
Dizer uma série de palavras, ler uma história ou mostrar um desenho descrevendo-a em detalhes e, após, pedir para o aluno desenhar;
Brincar de mensageiro, telefone sem fio, lista de cores para a criança repetir, usar gráficos de palavras, brincar de meu tio foi viajar.
Estratégias para melhorar a atenção auditiva e visual:
Jogo do despertador (procurar o relógio), jogo da corrente com a letra inicial e final e telefone sem fio;
Colocar objetos e pedir que a criança descreva este. Ir aumentando o número de objetos, colocar e tirar objetos pedindo que a criança diga o que falta e o que foi colocado, dar letras móveis e pedir que escreva coisas que estão presentes na sala, trocar as crianças de posição e pedir que ela diga quem trocou de lugar;
Marcar as figura iguais a do modelo e procurar usar letra como: p,b,d,q,u,n,m,e,a,f,j,g e figuras geométricas com posições diferenciadas;

ATIVIDADES PARA ESTIMULAR A MEMÓRIA

Tente dizer a cor de cada palavra (não a que está escrita). Será que consegue? Esse exercício, conhecido como teste de Stroop, ajuda a tirar as teias de aranha do nosso cérebro.

 Teste de Stroop

Teste de Stroop


SETE PASSOS PARA TURBINAR A SUA MEMÓRIA

Exercício físico, alimentação e uma boa noite de sono: esses são alguns dos itens fundamentais para aumentar a sua capacidade de gravar informações.

Ler livros é uma das atividades que estimulam o cérebro e ajudam no armazenamento de informações.

Assim como os músculos do nosso corpo, que quanto mais a gente usa mais fortes ficam, o cérebro também precisa de exercícios frequentes para ficar em forma. Ler, aprender novas línguas, fazer palavras cruzadas e até tomar banho de olhos fechados ajuda (e muito) a melhorar o desempenho da nossa memória e a acabar com aqueles brancos que fazem a gente passar o maior mico ou perder um tempão. Ou seja, o segredo é tirar o nosso cérebro da zona de conforto e desafiá-lo a toda hora.

O QUE FAZER PARA FICAR COM A CABEÇA FUNCIONANDO A MIL

1. Saia do automático
O cérebro gosta de novidades! ‘Tente mudar o caminho, tomar banho de olhos fechados ou comer com os talheres em mãos trocadas”, ensina Antônio Carlos Perpétuo, presidente fundador do Supera, rede de academias de ginástica cerebral.

2. Pratique exercícios
Um estudo da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) mostrou que a atividade física diminui a viscosidade do sangue, o que contribui para aumentar o fluxo sanguíneo cerebral, melhorando a capacidade de aprendizado e a memória.

3. Durma bem
Durante o sono, ocorre uma restauração do sistema nervoso central, que é quando os neurônios conseguem passar adequadamente informações entre eles. Descanse pelo menos oito horas.

4. Evite o estresse
Muitos dos lapsos de memória que temos – esses esquecimentos bobos, como “o que é que eu ia fazer mesmo?” – estão diretamente relacionados ao estresse e ao cansaço. A dica aqui é relaxar e tentar levar uma vida mais tranquila.

5. Mantenha o foco
Entre os jovens, o principal motivo das falhas de memória é a falta de atenção. Com essa mania de fazer tudo ao mesmo tempo, acabamos não nos concentrando e daí surgem os esquecimentos como ‘será que eu fechei a porta?’. A dica é prestar atenção ao que está fazendo!

6. Jogue, leia, faça palavras cruzadas…
“Atividades intelectuais diversificadas ajudam a memória a estabelecer estratégias mais eficientes de armazenamento e busca”, diz Paulo Bertolucci, neurologista da Escola Paulista de Medicina da Unifesp.

7. Coma bem
É importante uma dieta bem balanceada, que forneça os nutrientes nas quantidades adequadas e ajude o cérebro a funcionar melhor. Veja alguns alimentos que prometem turbinar a memória no quadro ao lado.

Fonte:
Atividades Para Educação Especial
MDMulher

SAIBA MAIS ⤵
Clique Aqui e Saiba Mais!

Funções Cognitivas Básicas: A importância dos recursos didáticos

A IMPORTÂNCIA DOS RECURSOS DIDÁTICOS NO PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL

Podemos considerar como recursos didáticos, todo o material utilizado como auxílio e suporte ao processo de escolarização de alunos que apresentam déficit cognitivo. Uma sala com recursos didáticos variados é mais motivadora e menos cansativa.

Quando pensamos em uma atividade, como educadores, temos um esquema e um objetivo claro e definido em nossa mente. Contudo, se não levarmos em conta as habilidades, competências, interesses e possibilidades dos nossos alunos pode ser que este esquema que elaboramos não esteja de acordo com o esquema deste aluno.

Alunos com déficit cognitivo necessitam de estratégias de aprendizagem diferenciadas pois uma atividade elaborada para um aluno pode não funcionar com outro. O ser humano é único.

Para quem apresenta déficit cognitivo, é mais fácil adquirir habilidades e construir conceitos e conhecimentos através de atividades relacionadas com a sua realidade, com o uso de recursos didáticos diferenciados, o aluno passa a ser o protagonista da sua aprendizagem.

A aprendizagem é um processo interno e pessoal que implica na construção ativa do conhecimento e que progride no tempo de acordo com os interesses e capacidades de cada um.

Os materiais utilizados devem proporcionar condições do aluno associar uma nova informação ao que já sabe, ou seja, quando consegue associar o novo conhecimento a um aspecto importante da estrutura do conhecimento que ele já possui.

O material escolhido precisa ter uma sequência lógica, com conceitos relevantes e com uso de organizadores para servir de ancoradouro para apoiar os conhecimentos apresentados.

Neuropsicopedagogia
APRENDIZAGENS UNIVERSAIS BÁSICAS E FUNÇÕES COGNITIVAS BÁSICAS

Para que um aluno possa se alfabetizar ele tem que ter habilidades, competências e conhecimentos básicos.

As aprendizagens universais básicas são:

– integração do esquema corporal: conhecimento das partes e detalhes do corpo, memorização da imagem corporal, lateralização do esquema corporal, reconhecimento de direita e esquerda em si mesmo, no espaço e nos outros;

– motricidade estática: equilíbrio estático, equilíbrio e controle postural, independência segmentar do corpo e interiorização do corpo em movimento;

– motricidade dinâmica equilíbrio dinâmico, controle de movimentos, coordenação e movimentos, interiorização do corpo em movimento e automatização dos movimentos usados;

– motricidade manual: independência segmentar do braço, dos braços e pernas, controle dos movimentos manuais, coordenação dos movimentos manuais e coordenação mão/pé, mão/olho.

Associado a isto, temos que pensar no desenvolvimento das funções cognitivas básicas que são:

– identificação;

– pareamento;

– quantidade;

– relação espacial;

– relação temporal;

– figura fundo;

– ordem e sequência;

– classificação;

– comparação;

– memória;

– associação de ideias;

– análise e síntese;

– linguagem;

neuropsicopedagogia
Fonte: Atividades Para Educação Especial
atividadeparaeducacaoespecial.com

SAIBA MAIS ⤵
Clique Aqui e Saiba Mais!